Menu fechado

Notícias

Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais alcança Qualis B2 em primeira avaliação da CAPES

Lançada pelo NUTEDS em 19 de agosto de 2016, a Revista de Saúde Digital e Tecnologias Educacionais (RESDITE) completa, este mês, três anos de existência. É a primeira publicação desta natureza no Brasil. Habituado a pioneirismos, o periódico rompe novas barreiras a cada ano e, em 2019,  alcançou Qualis B2 em sua primeira avaliação.

O resultado está no levantamento preliminar divulgado recentemente pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) para medir a qualidade dos periódicos científicos nacionais. Esta é a primeira vez que o periódico aparece na listagem. O resultado ainda é preliminar, mas animador.

Com Qualis B2, a revista atingiu classificação mais do que satisfatória para uma publicação que ainda não completou três anos de existência e segue se consolidando no cenário nacional em temáticas ainda pouco exploradas. Trata-se de um feito, fruto da persistência de diversos pesquisadores que acreditaram no potencial da revista. 

São cinco números regulares e dois números especiais lançados até aqui. Trabalhos com discussões que vão de teleducação em oncologia à informática em enfermagem, passando por metodologia da pesquisa científica e pelos desafios para implementação da educação permanente em saúde são algumas das discussões levantadas nesses três anos.

Todas as edições estão disponíveis no site da revista. O sexto número regular deve ser lançado ainda este mês e as submissões para o sétimo número regular, a ser lançado em dezembro, já estão abertas. Interessados podem se cadastrar como autores e enviar propostas.